Archive for the ‘fantasia’ Category

Desejo noturno

03mar15

Então na luz do sol O primeiro de todos juntos O brilho de um agouro surdo O rugir de dois reinos Foi quando eles marcharam Pelo ar, entre as nuvens Foi a nova luz de medo Da incerteza da vitória O guerreiro e o príncipe Vagaram nos céus O semblante, um só Olhares gatunos, Segredos […]


Sopro

26set11

Um dia você nasce. E cresce, cresce, passa por muitas coisas. Aí passa por coisas que podem deixá-lo abalado. Tudo bem, acontece. Tudo bem nada, porque nem tudo ficou bem. É ser humano, isso. Ser, sentir e viver humano. Até que chega outro dia, o dia em que você desata aquele nó que prendia os […]


Quando a janela sorriu pra mim e se abriu, eu subi no parapeito e pulei – caí. Era verde, tudo tão verde, a grama em puro perfume. O lugar todo: muito estranho. Tão bonito e tão diferente de tudo que eu só consegui sorrir, mas sorrir mesmo com força, uma gargalhada em êxtase. A música […]


Desordeno-me

28dez10

  Há coisas e coisas, estranhas por sobre si, e fétidas. O que, me pergunto, posso fazer para deixar tal abismo?  Ó, Sísifo, daqui te vejo, tu a rolar esta pedra que torna a cair. Estúpido! Talvez minha estupidez seja assim como a tua. Por mil diabos e deuses cornudos, por que ainda estou aqui? […]


Praeludium

08set10

“É incrível pensar agora naqueles tempos. Incrível, e fantástico, e realmente me sinto invadido por um ar nostálgico, como se todo o meu corpo e mente, como se tudo em mim quisesse reviver aquela época, segundo por segundo. E eu respiro, profundamente respiro… Aqui, recostado na varanda deste castelo, onde tudo observo… Ou, melhor dizer, […]