Velório

09maio17

“Não pode fechar as portas de madrugada. Faz mal. No velório de Dona Maria, ficamos só nós quatro esperando até de manhã”. A conversa era em tom baixo, em respeito à defunta. No terreiro da casa, como dizem no interior, pessoas se agrupavam em vigília sutil. Eu entendi o que era um vigília a um morto. No interior, as pessoas fazem isso com rigor. Tem café, tem caldo, tem biscoito, tem muita cadeira. Não podia ter vela porque ela era crente. A rezadeira, que mora ali em frente, não podia rezar, também. Não ia nem tentar, porque sabia como eram os crentes. Ela não disse, mas eu notei no semblante.

E, antes disso tudo, coisa de dois minutos antes… Eu olhei pro caixão, horas depois de ele ter sido colocado ali na sala. Horas depois de eu ter chegado do trabalho e passado pela sala direto, como que ignorando a presença fúnebre. A presença de uma ausência. Ela sofreu em seus últimos dias. Não andava mais e, aos poucos, deixou de falar, de lembrar, de comer, de tudo. Eu ajudei a levantá-la três vezes do chão. Dormia em um quarto só, a porta aberta, o teto forrado. Eu, sempre o último da casa a dormir, ouvia quando ela estava ao chão, gritando ai ai ai, chamando por alguém, me ajuda, eu caí, eu caí. Desesperador. A dor desespera. Desespera saber que, um dia, posso ficar assim. Qualquer de nós pode. Desespero pensar nessa dor. Não sei como é existir assim, como é a sensação, se é que se sente. E olhar para aquele corpo sem vida, no entanto, tão igual a quando era vivo, foi estranho. Foi incomum, quase que apático. Como que esperando ela tentar se levantar. Não tem muita diferença do cadáver pro corpo vivo, aparentemente. Afinal, somos isso. Ao pó retornarás.

 

(09/05/2017, às 00h07min)
Anúncios


No Responses Yet to “Velório”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: