Em vão

16out16
Achei que a falta era de você
do que vivemos, enfim…
Mas não vi o erro
Que foi te conhecer
Não que eu tenha errado
Querendo do meu lado
Com coração perfurado
Do teu veneno em forma de amizade
que nunca foi verdadeira…
Em vão,
Todos os esforços
Anos perdidos
Não mais, porém
Pois eis aqui:
Abri a janela do último andar
Respirei fundo, olhei lá embaixo
Empurrei você
Caiu
Alto
Longe
…Adeus.
(16/10/2016. às 16:42 hrs)
Anúncios


No Responses Yet to “Em vão”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: