Retro

24dez12

Esse negócio de marcar o fim de um ano e o começo de outro – que depressivo. Não sei se é porque eu tento me desapegar e desacreditar de toda forma de fim, principalmente quando o tal fim implica no morrer de algo, mas acho que tem muito a ver com olhar para os últimos trezentos e tantos dias e contar os erros cometidos. E aí não bate o arrependimento, mas o medo de cometer tais erros de novo. Estranho é que a implicância da mente, pelo menos no meu caso, é pensar quase que somente nos erros. E os acertos? Acho que foram até mais e maiores, mas… É um pouco de pessimismo que traz um grande peso nos últimos dias. Últimos dias do ano. E aí vem mais um. Medos, incertezas, promessas, esperanças… Tudo isso junto formando uma só bola de neve. Tanta coisa ao mesmo tempo, tantas memórias e vontades. Pode ser que o melhor mesmo seja aproveitar o som do silêncio e dormir.

Anúncios


No Responses Yet to “Retro”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: