Sobre tentar de novo

24nov12

 

Que o mundo dá voltas – e não só no sentido literal –, sempre acreditei. Mas nunca pensei que chegaria a voltar ao mesmo ponto. É claro, o mesmo ponto, mas com algumas diferenças. O coração não esquece fácil a dor que um dia sentiu. E, por mais que haja a possibilidade de algo bom se repetir, há também a outra possibilidade, esta bem maior, de coisas darem errado. O que fazer quando se sabe que algo não é bom pra você, e mesmo assim você não consegue deixar pra lá? Bom, o fato é que não se pode tocar com cordas quebradas, como já diz aquela música. O sentimento ainda existe, talvez até com a mesma intensidade, ou algo bem próximo. E você sabe que pode tentar de novo. E você também sabe, porém, que não deve tentar de novo. Pergunta a si mesmo se valeria a pena. Valeria? E a situação fica ainda mais frágil quando se sabe que a resposta não pode ser sim nem não, e que tem tudo a ver com a palavra “confiança”. A resposta é continuar em frente, porque há coisas do passado que, se fossem boas de verdade, não teriam ficado lá.

 

Imagem

Anúncios


No Responses Yet to “Sobre tentar de novo”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: