Um ponto de vista

14nov11

Por mais que o escuro faça você querer que tudo seja para sempre, nada o é. Não, nem as pessoas – essas, menos ainda. Não se pode desejar tais coisas, por mais humano que seja agir assim. É por demais perigoso, deveras cruel e, acima de tudo, uma ilusão letal. Aos poucos isso consome qualquer um, corroi e destroi, mas… Quem sabe até quando vai durar? Isso é o que se deve querer, e, mais do que querer, fazer: aproveitar até a última gota do copo de água. Por que? Não se sabe quando se sairá de um oásis e se chegará num deserto. Chamem-me de pessimista e o que mais quiserem, não me importo. É meu ponto de vista, não abro mão. A vida é bela, é muito linda, mesmo; mas por caminhos tortos, assim que é.

Anúncios


No Responses Yet to “Um ponto de vista”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: