Inseguro

05out11

Usa a sua arrogância pra diminuir a impotência diante da agonia de um mundo diverso que não se encaixa em seu quarto e suja sua mansão; dos que lhe parecem inferiores por não terem seu estranho sucesso, seu dinheiro, sua bagagem e sua viagem; do mundo que lhe tirou um pedaço, frustração interna que não pode explodir, que o faz colidir, que o deixa intocável aos outros e forma o trono de ouro e diamantes onde senta e deita e dorme e ali vive e sobrevive, todos os dias, os dias sem graça que o deixam em paz na rotina de sempre, do medo das pessoas, medo de ser alguém que tem alguém; vontade essa de ser sozinho e só precisar do próprio sorriso inseguro.

Anúncios


No Responses Yet to “Inseguro”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: