Desejo

02jan11

No escuro eu sinto

Eu cheiro, eu quero

Vejo-te, desejo-te

E rio, reviro-me…

Porque lembrar

Dos teus olhos

O brilho deles, só teu,

É conforto para mim

Eu, eterno amante teu,

Em três certos tempos,

A ti sempre e sempre

Desejei, desejo, desejarei.

Anúncios


One Response to “Desejo”

  1. Eu só não gosto muito do verbo no futuro, sabe. A vida que me ensinou, aquela maldita.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: